Por: Francisco Praciano (*) Mesmo com bloqueio dos colonizadores e sabotagem dos empresários, a Venezuela se tornou um país cujos idosos, cem por cento, tem aposentadoria sem redução de valor nem aumento de idade. Essa decisão da Venezuela faz os liberais vomitarem. Para o Capital é um desperdício para oContinue Lendo

Lúcio Carril (*) Um dia seremos milhões nas ruas, não para gritar palavras de ordem, mas para instaurar uma outra ordem. A ordem de que todos devem ser felizes, caminhar sob o sol e sentir os raios da vida entrarem com volúpia e euforia.

Precisamos de Castro Alves nas escolas. Precisamos de suas estrofes sendo recitadas em alto e bom som, nas ruas do Centro e da periferia. Urge declamá-lo nos telhados dos barracos e nas coberturas da Ponta Negra.

Por: Francisco Praciano (*) Sempre que defendemos o modelo Zona Franca a tese que se sobressai é a de que o mundo deve garantir o modelo como forma de proteger a floresta tropical e, por consequência, proteger o planeta.

Por: Marcelo Seráfico (*) Os monstros que muita gente guardava foram soltos furiosa e rapidamente. Que isso tenha se dado sob o manto de segmentos religiosos que só cultuam o poder – político e econômico – não é casual. Que tudo que se diga e faça de ruim venha envoltoContinue Lendo

Odenildo Sena Já há algum tempo observo esse fenômeno em tempos de redes sociais. Os textos pequenos, de três ou quatro linhas, plantados em fundos coloridos no Feicebuque, têm uma receptividade muito maior do que textos longos, com três, quatro ou mais parágrafos, ainda que em blocos separados, para tornarContinue Lendo

Lúcio Carril A posse de Boris Johnson no Reino Unido acende uma luz de perigo para o mundo. O fascismo ganha força e é uma ameaça para a paz mundial. Do lado daqui, um louco irresponsável e incompetente avança na destruição do estado democrático de direito. O mundo já viveuContinue Lendo

Querer a injustiça para um inimigo, adversário, desafeto ou simplesmente a um indivíduo que você não gosta chama-se vingança. Um sentimento mesquinho cujo resultado dilacera a alma, por mais que não se assuma isso. A união da injustiça, enquanto ação concreta, com o sentimento de vingança tem um efeito devastador.Continue Lendo

Minhas frustrações não me fizeram amargo, tampouco me colocaram em sofrimento com a vida. Gerou, sim, uma enorme angústia que serve de um equilíbrio freudiano, capaz de conter os impulsos do ID e frear a arrogância do meu superego. Mas minhas angústias também podem repousar no receio de liberdade sartreano,Continue Lendo

Os governos do PT foram marcados por uma composição política heterogênea, onde participavam partidos de esquerda, de centro e de centro-direita. Formou-se um bloco duvidoso, suspeito, que deu no que deu, com o PMDB capitaneando o golpe.

Nada a ver com as insistentes filas nos bancos. Delas fujo como o diabo da cruz. Para isso, refugio-me na internet, essa revolucionária tecnologia pela qual conquistamos (quem diria!) o que até há pouco tempo era físico e filosoficamente impossível: o poder da ubiquidade. Esse poder deixou de ser umaContinue Lendo