Din-din, geladinho ou flau? Compositor inova na música usando cultura popular.

Por: Felipe Wanderley

Din-din, geladinho ou flau? Novo single do músico paraense de nascimento e amazonense de vida Marcelo Nakamura brinca com variedade de nomes e sabores do doce refrescante. Em Manaus, é din-din. Em São Paulo, geladinho. No Rio de Janeiro, sacolé. E por aí vai: chupe-chupe, chopinho, flau, o que não falta é nome para designar esse refresco açucarado que é a cara do Brasil, tão diverso em cores, sabores e expressões. E foi brincando com essa saborosa diversidade, que o cantor e compositor compôs seu novo single, “Din-din”, lançado dia 8, nas principais plataformas digitais de música.

Clique neste link e ouça Din-din agora: https://www.youtube.com/watch?v=0z1AIjBQzTo 

Com sonoridades amazônicas que remetem ao chamado “som de beiradão”, ao carimbó, ao brega e às influências caribenhas que deságuam na região, a canção integra o novo álbum do artista, “Naka & os Piranha”, que será lançado em 2020. Gravada em São Paulo, onde o músico passou a residir desde o início do ano, a faixa tem saxofones, produção musical e mixagem de Remi Chatain, percussões de Bruno Duarte, além de voz e guitarra de Marcelo Nakamura. “Essa música foi feita em 2017, na época do ‘Projeto Jiquitaia’, com os parceiros Igor Sena, Elizeu Costa e Iná, num dia de calor manauara. A gente estava morrendo de vontade de tomar um din-din. A letra saiu na hora”, lembra Marcelo.

Programado para o primeiro semestre de 2020, “Naka & e os Piranha” é o segundo álbum do artista, que tem mais de dez anos de carreira e se consolidou como um dos grandes nomes da nova geração da música amazonense.

Com o novo trabalho, ele revela sua pretensão de “ressignificar o regionalismo”, para além dos lugares-comuns que já não representam a identidade amazônica numa perspectiva contemporânea. “Há um grande interesse por parte das pessoas na região amazônica e uma abertura a conhecer novas sonoridades, timbres, sabores, sons, palavras”, afirma Marcelo, falando da recepção da música nortista no Sudeste.

Apoie esse projeto.

O vídeo clipe do novo single disco de Marcelo Nakamura está sendo financiado via vaquinha virtual. Para dar sua contribuição para a execução do projeto acesse https://www.catarse.me/nakatarse.

“As músicas do Marcelo estão sendo super bem recebidas aqui em são Paulo, os shows tem estado sempre cheios, o pessoal canta as músicas mesmo sem conhecer, é uma coisa incrível”.

(Remi Chatain, saxofonista da banda)

“Nossa proposta é de ressignificar o regionalismo”.

(Marcelo Nakamura, cantor e compositor amazonense.)

O disco “Naka & os Piranha” tem participações do grupo Rachada do Coco, do músico paulista Samuca, do guitarrista Rafael Dângelo, da Alaídenegão, e da cantora amazonense Ellen Fernandes.

O álbum já teve o primeiro single lançado: uma releitura de “Caçador de like”, do músico paraense Juca Culatra, com a participação do músico Samuca, de Samuca e a Selva, disponibilizada nas plataformas digitais desde agosto.  “Até fevereiro do ano que vem, vamos lançar mais um single e um vídeo clipe”, adianta Marcelo.

 

Foto: Assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *