Saúde foi a maior preocupação do deputado Delegado Pablo no orçamento da União.

Metade dos R$ 15,94 milhões em emendas que o deputado federal Delegado Pablo (PSL/AM) apresentou para o orçamento da União são direcionados para o segmento de saúde. São R$ 7,97 milhões distribuídos para  hospitais em Manaus e em cidades do interior do estado.

Desses R$ 7,97 milhões, R$ 2,13 milhões vão para manutenção de unidades de saúde básica que integrem o Sistema Único de Saúde (SUS) para reforçar as dotações repassadas pelo Ministério da Saúde para aplicação no piso de atenção básica, conforme explica o texto da emenda, disponível no site da Câmara dos Deputados. Esse investimento vai também para ampliação e qualificação do acesso aos serviços de saúde com ênfase na humanização e equidade no atendimento das necessidades de saúde, aprimorando a política de atenção básica nos municípios do estado do Amazonas.

A Fundação Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas (FCecon), vai receber R$ 1,8 milhão para alavancar o desenvolvimento na área de saúde. O Hospital Infantil Dr. Fajardo, vai receber R$ 550 mil para adequação física e aquisição de equipamentos. A Fundação Hospital Adriano Jorge recebe R$ 200 mil para o mesmo fim. E 0 Hospital Sociedade Portuguesa Beneficente do Amazonas vai terá R$ 391 mil para alavancar o desenvolvimento na área da saúde pública no Estado do Amazonas, na aquisição de ambulância e equipamentos, atendendo as demandas.

A estrutura da rede de atenção básica do estado, tanto em Manaus quanto em alguns municípios do estado vão receber reforço de R$ 2,40 milhões, como implantação da estrutura, ampliação de postos de saúde, centros de saúde, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Saúde da Família (USF), atenção média e alta complexidade de saúde, com planejamento ainda de aquisição de equipamentos para essas unidades, inclusive para saúde bucal. Aquisição de veículos para transporte sanitário eletivo, consultórios moveis ou utilitários para o programa Saúde da Família, exceto ambulâncias. Novo Airão e Anori é um dos município atendidos nas emendas.

O município de Autazes vai ganhar R$ 500 mil para a implantação, reforma e ampliação de hospitais, policlínicas, unidades de pronto atendimento (UPAs) e unidades de atenção especializada em saúde, aquisição de equipamentos e adequação física para sua instalação, objetivando alavancar o desenvolvimento na área de saúde.

Emenda para educação

O Deputado destacou R$ 1 milhão para iniciativas voltadas ao desenvolvimento, universalização e melhoria do processo educacional em todas as etapas e modalidades, como da educação básica e apoio à implementação de programas e políticas para a educação básica geridos pelo Ministério da Educação (MEC).

A Universidade Federal do Amazonas (Ufam) ganhou R$ 950 mil para projetos de ensino, pesquisa, tutoria e extensão na graduação e pós-graduação e de atendimento às comunidades, como implementação de ações educativas e culturais e demais atividades inerentes às ações de ensino pesquisa e extensão; promoção de congressos, seminários e simpósios científicos e culturais bem como como participação em eventos científicos; oferecer aos alunos atividades voltadas à coletividade, viabilizando a vivência social e comunitária, como diz o texto da emenda.

Agricultura Familiar

Para promover, apoiar e fomentar as ações de estruturação dos sistemas produtivos dos agricultores familiares, pequenos e médios produtores, assentados da reforma agrária e povos e comunidades tradicionais e seus empreendimentos, o deputado destacou R$ 500 mil.

Serviços Comunitários

Para atender demandas das comunidades do interior do estado, o deputado destacou R$ 2,25 milhões. Serão usados na realização de ações relevantes em diferentes áreas de interesse da população dos município de Autazes e Novo Airão. Para cobrir as mesmas necessidades, o município Santo Antônio do Iça receberá R$ 2 milhões. Canutama, Itamarati e Uarini dividirão R$ 1 milhão para atender as mesmas carências.

O município de Rio Preto da Eva terá R$ 270 mil para a implantação do Centro Social, a qualificação e a reestruturação das unidades que ofertam serviços de proteção social básica.

Fonte: Site da Câmara dos Deputados

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

1 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *