Saúde e Polícia Militar foram prioridades nas emendas no orçamento da União do deputado Capitão Alberto Neto.

O deputado federal Capitão Alberto Neto (REPUBLICANOS/AM) carregou na saúde e olhou com bondoso olhar a Polícia Militar nas emendas que apresentou e aprovou no orçamento da União para 2020. O município de Manacapuru vai receber R$ 2 milhões para incremento ao custeio na atenção básica da saúde e o município de Maués vai receber R$ 1.570.227 para o mesmo fim.

Tefé vai receber R$ 1 milhão também para atenção básica de saúde. E mais R$ 500 mil para apoio a implantação da Casa da Mulher. Para Urucurituba foi apresentada emenda de R$ 900 mil para incremento ao custeio na atenção básica de saúde. Com o mesmo objetivo, Canutama vai ter R$ 800 mil; Caapiranga, R$ 500 mil; Juruá, R$ 500 mil; Itamarati outros R$ 500 mil.

Polícia Militar e Segurança Pública

Capitão Alberto Neto também olhou para a Polícia Militar da ativa e da reserva, além de familiares dos militares da PM. Para promover a qualidade de vida, da saúde e bem-estar do policial militar e seus familiares, ele dedicou R$ 350 mil. Segundo ele, o Núcleo de Equoterapia, onde o dinheiro será usado, otimiza os recursos disponíveis no Regimento de Cavalaria na terapia clínica. “Essa conciliação dos recursos operacionais com projetos sociais é bem vinda, uma vez que o aparato público serve para fins diversos”, diz Capitão Neto, na emenda.

No entendimento do deputado, a Polícia Militar do Amazonas necessita diariamente de material bélico, como armas e munições, para atuar com mais segurança, eficiência e eficácia nas ocorrências policiais. Para isso, ele dedicou R$ 490 mil.

Para melhorar a segurança pública no município de Tabatinga, ele pediu R$ 300 mil, com o objetivo de dotar a Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social do município. Ele pretende atender, em especial, a Guarda Civil Municipal, com veículos de duas e de quatro rodas.

Outros R$ 300 mil foram proposto para melhorar a comunicação digital das forças de segurança pública. “É necessária uma rede de comunicação capaz de manter a sua capacidade plena de funcionamento, mesmo em locais com grande aglomeração de pessoas. Por fim, considerando a determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) de que os órgãos de segurança adotem tecnologias digitais, “se faz necessário ampliar o número de terminais e usuários da rede de radiocomunicação digital da PM-AM”, diz.

A fim de atender a segurança no trabalho dos profissionais da PM, ele destacou R$ 300 mil para aquisição de materiais e equipamentos “pensando em proporcionar segurança no desempenho de suas atividades, equipando e prevenindo o profissional de lesões físicas decorrentes dos riscos ocupacionais. Dessa forma, pretende-se melhorar a qualidade de vida, o bem-estar e as condições de trabalho dos profissionais de segurança pública bem como de seus familiares, valorizando esse público-alvo.

O Serviço de Apoio Emergencial à Mulher (Sapem), da Secretaria Executiva de Política para Mulheres, vai receber R$ 500 mil para as atividades desenvolvidas. Outros R$ 150 mil serão utilizados para prevenção baseadas no fortalecimento de fatores de proteção por meio do desenvolvimento de habilidades pessoais e sociais apoiadas e implementadas. São atividades voltadas a ações de intervenção a prevenção da violência na infância e juventude.

Infraestrutura

Para recuperação de estradas e vicinais no município de Santo Antônio do Içá, Capitão Neto separou R$ 1.570.227. Nesse município, ele dedicou mais R$ 500 mil para custeio de programa para distribuição de alimentos e apoio a agricultura familiar. Em Eirunepé, serão aplicados R$ 1,5 milhão para implantação do sistema de painéis solares.

Agricultura familiar

A agricultura familiar vai ter R$ 500 mil para custeio de programa para distribuição de alimentos.

Esporte e Vocação Profissional

Para o programa de detecção de talentos vão R$ 900 mil, fazendo avaliação biológica, psicológica, sociológica, vocacional e motora. O deputado disse que copiou a ideia do apoio aos estados brasileiros na inclusão social, formação de atletas, adequação e criação de infraestrutura esportiva, detecção de talentos esportivos, orientação vocacional, implantação de sistema de gestão de centros esportivos, disseminação das metodologias de atletas olímpicos, publicação de livros para professores e alunos da rede pública de ensino e criação de uma campanha social para envolvimento da população.

Serviço externo

O deputado Capitão Alberto Neto dedicou R$ 100 mil para “incremento temporário ao custeio de Média e Alta Complexidade (MAC) do Hospital Amaral de Carvalho, no município de Jaú/SP, segundo ele explica na emenda, para apoiar ações de atendimento de pacientes do Estado do Amazonas.

Outros R$ 100 mil, ele pediu para o mesmo serviço no Hospital do Amor de Barretos, que a emenda não especifica onde fica.

Fonte: Site da Câmara dos Deputados.

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *